Falta de dinheiro? Entregue-se à luta!

O dinheiro não lhe chega até ao fim do mês? Pare de desejar ter mais sorte. Deixe de culpar o acaso. Mesmo que o destino seja malvado, não serve de nada perder tempo com lamentações.

A solução é entregar-se à luta e até, porque não, gozar a luta!

Em vez de se ver como vítima de injustiça, ou de má sorte, veja-se como alguém em vias de melhoria.

A primeira coisa a fazer é subdividir tudo até ao exequível:

Se quer ter 1000€ a mais no fim ano, o melhor dividir isso em meses e descobrir que só precisa de poupar 84€ por mês. Mas se as contas andam tão apertadas que também isto parece impossível, se calhar 21€ por semana já parece mais possível, ou porque não pôr de lado 3€ por dia! Se dividir o problema em pequenos probleminhas, até conseguirá fazer mais do que o que se propôs inicialmente.

No meu caso (tenho um rendimento acima da média), decidi poupar 15€ por dia (de 2ª a 6ª) e qual não foi o meu espanto, ao fim de um ano, o cobrezito onde guardei religiosamente o 15€ diários tinha quase 4000€!! No fim deste ano terei o carro completamente pago e, para isso apenas tive que deixar de jantar e lanchar fora com tanta frequência!

O plano para o próximo ano é fazer todas as refeições em casa… Serei milionária!! Ou pelo menos pagarei a casa antes de morrer e isso, numa altura em que as dívidas são para se gerir, é notável!