Partidos

Se fossemos todos menos inteligentes, talvez conseguíssemos viver com escolhas monocromáticas, por exemplo: Ter uma religião e, por isso, ser contra as outras. Ser de um clube e, por isso, ser contra os outros. Ter uma sexualidade e, por isso, ser contra as outras. As pessoas que são assim, são estúpidas!
InsertBrainNão tenho nada contra estúpidos, valorizo-os como quaisquer outros e, às vezes, até faço parte desse grupo, mas sem deixar de tentar sempre excluir-me.
Fazer das fraquezas força, não é o mesmo que ter orgulho nas fraquezas.
Percebo as simpatias clubísticas e até as picardias entre clubes, mas achar verdadeiramente que as pessoas de outro clube são diferentes só por isso… é estúpido.

Será preciso repetir tudo o que disse mudando “clubes” para “partidos”? Ou conseguiremos aprender com analogias?

 

 

Sonho-te! (ou a saudade de estar contigo)

andreAQuanto mais nos embrenhamos na vida, mais próximos ficamos. Quanto mais próximos estamos menos tempo temos juntos.

Parece uma contradição, mas daquilo que vejo é o mais comum!

Não sei se é da condição humana ou da condição da sociedade em que vivemos, mas o tempo para estarmos com quem amamos torna-se cada vez mais escasso. E por isso mesmo, mais precioso. O problema é quando se deixa de dar valor aos que nos querem bem. E algo profundo muda..

Por isso quero manter-me assim, (ainda) apaixonado! Recordar cada momento bom na esperança que seja cada vez melhor! É deixar de olhar para a quantidade para começar a apreciar a qualidade!

E assim sendo, quero continuar a gritar no meu coração:

“Quando não estou contigo, sonho-te!..”

Saber realizar (ou manipulação)

Há uma irritação que me atormenta há muito tempo: A filmagem de performances de dança e movimento em programas de televisão.

Por alguma razão os realizadores de programas televisivos fazem escolhas de planos aleatórios quando estão a filmar performances com muitas dinâmicas num palco.

Poder-se-ia argumentar com a “desculpa” do directo mas isso, além de não justificar os casos em que os programas são gravados, também seria debelar a razão de ser dos ensaios.

Quero acreditar que a manipulação de planos e imagens, quando errada, é apenas devida a incompetência, mas a verdade é que as luzes, planos e até ordem pela qual são apresentados os candidatos a concursos de talentos podem ser pelo menos tão influentes como a performance em si.

Isto:

não é igual a isto:

e o entanto são fotografias do mesmo momento