Clareou…

Ninguém gosta de escuridão, ninguém gosta de sombra. Todos queremos que o Sol brilhe sempre no nosso peito e alma, mas não é sempre assim. E como diz o outro, se não tivéssemos a escuridão, não saberíamos aproveitar a Luz.
Hoje o dia clareou um pouco mais o meu coração, depois de sombra ter estado muito presente na última semana. E está tudo bem… hoje!
Hoje não tem de ser igual a ontem, nem há garantias que amanhã será semelhante.
Olhar para trás dói, mas olhar para a frente parece ainda doer mais. Então, de alguma forma, tenho-me permitido vier na dor, sem saber viver aqui e agora.
Não estou curada, não sei se lá chegarei… mas hoje estou bem e consigo colocar em perspectiva a minha alma e aceitar as suas fases… tal como aceito as fases da Lua.
Tudo acontece por uma razão, e tudo está como deve ser. Se não me permito, não consigo viver.
Um dia permiti-me e sorri! E sorrio sempre que me lembro disso, porque se o consegui antes… vou fazê-lo outra vez.
Hoje permito-me…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s